sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Cansada...


"Eu não sou tão triste assim, é que hoje eu estou cansada."(Clarice Lispector)


Adoro, Clarice Lispector, ela têm um jeito de expressar sentimentos, bastante particular.
Escrevia seus sentimentos no papel, com uma autoridade absoluta.
"Ela" sabia do que estava falando...
E eu me encontro, todas as vezes que leio suas obras...



Eu estou cansada,
Cansada de tudo,
Cansada de todos,
Cansada de sonhar e não realizar,
De tentar,
De começar e não acabar,
Cansada de amar,
De perder e de ás vezes ganhar,
Cansada de falar...
Ah!!! Falar, falar, falar e só falar...
Cansada de querer e não ter,
Cansada de permitir e não impedir,
Cansada do pranto,
e tanto desancanto,
Cansada dos sonhos roubados,
Dos amigos que nunca foram amigos,
Cansada das pessoas sem amor,
Sem valor, sem sabor ...
Cansada do meu rosto,
Do meu corpo, dos meus pensamentos...
Cansada do desgosto,
Da minha dor, do desamor
Do meu grande amor...
Cansada de ficar cansada,
Cansada...
Cansada, só estou cansada...


(Silvia Alencar)



Um comentário:

Camila Campos disse...

Oi Sílvia!

Adorei essa poesia! Muito linda, reflexiva!
Realmente há dias q eu tb me sinto assim...cansada.... mas é inexplicável... só os minutos de silêncio podem tentar interpretar nossas angústias... e só o tempo faz com que elas virem apenas doces recordações!

Bjss, sucesso!

Até mais!